Segunda-feira, 16 de Julho de 2018

OFERECIMENTO
Hora Certa
Clima Tempo

No Ar
Variedades
(75)9-9909-7651

Redes Sociais


Estatísticas
Visitas: 772751 Usuários Online: 591


Brasil
Publicada em 13/04/18 às 07:54h - 1121 visualizações
‘Musa do Tráfico’ suspeita de filmar execução de jovens é presa após ser deportada da Guiana
Ela é acusada por participar da execução de duas jovens em Boa Vista

TV Pombal - Bahia


 (Foto: (Foto: Polícia Militar/Divulgação))

Ana Carolina Gomes Pereira, conhecida como 'Musa do Tráfico', de 23 anos, foi detida na tarde desta segunda-feira (11) pela Polícia Militar do município do Bonfim, ao Norte de Roraima, fronteira com a Guiana.

'Musa do Tráfico' era procurada por suspeita de participar da morte das jovens Áreli Dayane Cardoso de Oliveira, 19 anos, e Rayane Silva Pereira, de 25 anos, na região do Anel Viário, em dezembro de 2017. O duplo homicídio teve participação direta de um menor e outras quatro mulheres que filmaram a ação.

Ana Carolina estava presa em Georgetown, capital da Guiana, desde janeiro deste ano quando foi detida por participar de um assalto a uma joalheria na cidade de Lethen, na fronteira com o Bonfim.

Ela foi solta nesta segunda-feira (9) e deportada para o Brasil. Segundo a Polícia Militar, o consulado brasileiro em Lethen entrou em contato com a PM de Bonfim comunicando que 'Musa do Tráfico' havia sido liberada.

Imediatamente os policiais entraram em contato com a Divisão de Inteligência e Captura e foi descoberto que havia um mandado de prisão preventiva expedido em dezembro contra ela.

Ana Carolina foi conduzida para procedimentos na delegacia de Bonfim. Segundo a PM, de todos os envolvidos na morte das duas jovens, só Ana Carolina estava foragida.

De acordo as investigações da Polícia Civil, Todos os suspeitos do duplo homicídio são integrantes de uma facção criminosa. No vídeo encontrado no celular de uma das suspeitas é possível ver com clareza uma das vítimas sendo assassinada com dezenas de facadas.

De acordo com a investigação da Polícia Civil, a ordem para matar as jovens no anel viário partiu de quatro presos que cumprem pena na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo. Os mandantes teriam justificaram que elas seriam supostas informantes de uma organização criminosa rival.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Copyright (c) 2018 - TV Pombal - Bahia - Todos os direitos reservados